fbpx

SIGNO DE CÂNCER – O ACOLHEDOR

Leia este texto e aprenda mais sobre o signo de Câncer. Compreenda, através de exemplos da cultura pop, os significados e os símbolos relacionados a essa energia. Entenda também como os signos vizinhos influenciam e modificam as características piscianas.
signo de Câncer representa o cuidado, o carinho e a afetividade. Simboliza a capacidade humana de acolher, amparar e proteger. É a energia do pertencimento e do seio familiar. Constitui o ato de congregar e de criar laços de intimidade. Traduz os conceitos de irmandade e de grupo; proporciona um ambiente propício para se compartilhar emoções, sentimentos, lembranças e reafirmar vínculos.
Para fins didáticos dividi o signo de Câncer em categorias. Todos os cancerianos, sem exceção, pertencem à categoria [ACOLHEDOR FAMILIAR] Quanto mais próximo do signo de gêmeos o canceriano estiver, mais semelhante ao [ACOLHEDOR COMUNICATIVO] quanto mais próximo de leão mais semelhante ao [ACOLHEDOR ORGULHOSO].
Compreender signos sob influência de seus vizinhos é fundamental para uma boa leitura e interpretação de um mapa astral. Quando Câncer se encontra no primeiro decanato se assemelha ao Acolhedor Comunicativo e no terceiro decanato ao Acolhedor Orgulhoso. Já o segundo decanato está mais relacionado à descrição geral do signo, e, desta forma se assemelha ao Acolhedor Familiar.
(Leia também os posts dos signos de Escorpião e de Peixes)
[ACOLHEDOR FAMILIAR] – Estabelece laços emocionais e elos afetivos. Encarrega-se de cuidar e acolher aqueles fazem parte do seu círculo sentimental. Possui o dom de nutrir e dar alento. Fornece “colo” e amparo aos que o cercam. Entende que a proteção do grupo e o suporte da família são fundamentais para o desenvolvimento do indivíduo e para o sucesso da espécie. Compreende que o senso de pertencimento é algo inerente aos corações humanos. Acredita que a união e os vínculos sociais fortalecem as relações interpessoais e constituem o esteio para uma vida mais plena.
A felicidade só é verdadeira quando compartilhada – Henry Thoreau
Possui uma compreensão mais fraterna das relações sociais, e desta forma, estabelece que a força do grupo e o sentimento de pertencimento são valores fundamentais para coesão coletiva. Compreende que os vínculos emocionais, aliados ao sentido de confiança, estreitam e amplificam a potência grupal e o senso de equipe.
O signo de Câncer é regido pela Lua e corresponde à sephirat de Yesod na kabbalah. Simboliza a maternidade e a gestação; evidencia o aspecto feminino da mente humana. Representa a energia receptiva, a capacidade de gerir e de fundamentar. É o seio feminino; símbolo de acolhimento, proteção e nutrição. As fases da lua tem profunda relação com os ciclos menstruais, com as emoções e com as marés. Representa o subir e o baixar, cíclico, das águas e das emoções.

Estabelece relações sentimentais para englobar pessoas dentro de seu domínio afetivo.

A família é uma instituição muito relevante para este signo. Cancerianos detêm, inclusive, um conceito mais amplo para o termo. Em muitas ocasiões, relações não sanguíneas são tão, ou mais, importantes do que os próprios parentescos genéticos.
É no seio familiar que são transmitidos os valores morais e sociais, assim como as tradições e os costumes do grupo.
O sistema tribal é um modelo de organização social que possui muita semelhança com a energia canceriana. Tribos possuem um forte senso de grupo e de pertencimento. Cada  indivíduo é considerado importante e fundamental para sobrevivência e prosperidade de toda a aldeia.
Nações indígenas possuem seus próprios costumes, como: danças, cânticos, rituais, adereços, pinturas, tatuagens e marcas corporais que são reconhecidos como típicos daquele grupo ou etnia. Essas singularidades culturais geram reconhecimento e funcionam como uma espécie de declaração de pertencimento, um reforço da identidade grupal.
O conceito de tribo urbana segue uma lógica parecida. Constituem grupos de pessoas que se unem com base em interesses comuns, e em conformidade com hábitos, ideias e maneiras de se vestir
O princípio de pertencimento também rege as gangues e facções criminosas. Quadrilhas constituem estruturas coesas, com laços de fraternidade e de confiança entre seus membros. Alguns indivíduos, muitas vezes, são cooptados por essas organizações porque, simplesmente, se sentem acolhidos dentro daquela “família”. Tatuagens, marcas e vestimentas são, inclusive, capazes de identificar integrantes, e funcionam de forma análoga às identificações tribais.
A máfia italiana, tem como valor básico a estrutura familiar. Um excelente exemplo para evidenciar esse arranjo é a trilogia cinematográfica O Poderoso Chefão. Os filmes retratam a vida da família Corleone, uma organização criminosa ítalo-americana baseada em Nova York. Os enredos dos longas são uma mescla entre a vida criminal dos gangsters e os seus dramas familiares.
Um homem que não se dedica a família nunca será um homem de verdade – Don Vito Corleone
Vínculos fraternos, de coleguismo e de amizade, também são propícios de gerar um profundo senso de grupo. Companheiros de escola, ou de faculdade e, até mesmo, parceiros de trabalho, muitas vezes, criam laços fortes e duradouros capazes de perpetuarem por uma vida inteira.
A intensa irmandade existente entre soldados é uma outra forma de se evidenciar essa energia canceriana. Em inglês, existe, inclusive, uma expressão para essa relação – brothers in arms, algo como companheiros de batalha. A guerra desencadeia a necessidade de confiar ao outro a própria vida, e, desta forma, a luta é um catalisador visceral de relações de confiança e de fortalecimento de grupo. A série Band of Brothers  é um ótimo exemplo para ilustrar essa ideia.

Câncer representa a ancestralidade feminina, o vínculo com o útero e com as energias antepassadas.

Simboliza os modelos matriarcais e/ou horizontais de organização social. Estruturas onde há poucos níveis hierárquicos, na qual a partilha de informação e a tomada de decisão está, normalmente, ao alcance de todos os membros do grupo. Configura uma oposição à alternância de poder masculina e ao patriarcado vertical do signo de Capricórnio

(Leia também os posts dos signos de Capricórnio, Touro e Virgem)

[ACOLHEDOR COMUNICATIVO] (Câncer com influências de Gêmeos) primeiro decanato de Câncer – Proporciona, aos seus protegidos, acolhimento através da comunicação e da fala. Simboliza a capacidade de criar e propagar narrativas que forneçam amparo, conforto e estrutura emocional. Compreende que a interlocução humana é a principal ferramenta para a transmissão de sentimentos, emoções, valores e princípios. Representa, por exemplo, o ato, parental e carinhoso, de contar estórias às crianças na hora de dormir. 

mary-poppins-julie-andrews

O filme Mary Poppins representa perfeitamente este decanato. Mr. Banks, um banqueiro rígido e severo com seus filhos, resolve escrever um anúncio no jornal em busca de uma babá. Trazida pelo vento em um guarda-chuva voador, Mary Poppins aparece para transformar a rotina da família.

Mary é uma babá que utiliza arte, música e estórias para encantar e cativar pessoas. Uma figura acolhedora, capaz de gerar profundas transformações familiares. Alguém que fornece carinho, atenção e aconchego. Uma personagem que através de seu universo fantástico, é capaz de amolecer até o coração mais duro e pragmático. 

O pai representa a energia capricorniana que prima por valores como disciplina, o rigor o e cumprimento das regras. Já Poppins simboliza atributos cancerianos como proteção, acolhimento e laços de afetividade. À princípio acreditamos que a babá tem por finalidade fazer as crianças sonharem e entrarem em um mundo de fantasia. Contudo, a grande transformação ocorre com Mr. Banks, que passa a ser mais presente, e a ter uma relação mais afetuosa e íntima com seus filhos.

A obra cinematográfica A Vida é Bela é outro excelente exemplo para evidenciar essa energia. A obra retrata a história do judeu Guido e de seu filho Giosué, ambos, levados para um campo de concentração nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

O pai, para proteger o menino do terror e da violência, usa a imaginação e cria uma narrativa lúdica para fazer o menino acreditar que estão participando de uma grande gincana. Guido é capaz de gerar uma abordagem, extremamente acolhedora e reconfortante, mesmo perante o horror do holocausto.

Representa a tradição oral de transmitir ao grupo valores, conhecimentos e princípios.

Este decanato possui uma profunda relação com as tradições ancestrais de propagar mitos, lendas e contos à luz das fogueiras. Ao pé do fogo e sob a luz das estrelas, laços eram fortalecidos e relações sociais consolidadas. Representa a tradição oral existente desde os primórdios da humanidade.

As histórias mitológicas foram, e ainda são, narrativas fundamentais para se criar e conservar um sentido mais amplo de pertencimento, e assegurar o senso de grupo. Um povo para prosperar precisa de estórias em comum, narrativas que o unifique como uma só nação.

No tarot a energia do Acolhedor Comunicativo é representada pelo arquétipo da Rainha de Copas. 

(Leia também os posts dos signos de Áries, Leão e Sagitário

[ACOLHEDOR ORGULHOSO] (Câncer com influências de Leão) terceiro decanato de Câncer – Protege e defende o que necessita ser enaltecido e exaltado. Compreende que aquilo que possui valor e destaque, e por essas razões, merece ser cuidado de uma forma especial. É a energia que acolhe aqueles que possuem méritos e importância para o grupo. Representa a conduta de cuidar do que tem evidência e destaque, é o ato de zelar pelo o que é precioso e relevante para a sociedade.

Configura o ato de demonstrar carinho e afeto aos que merecem.

Representa o orgulho de acolher e amparar aquilo que te cativa; de reconhecer o prestígio alheio. Simboliza a mãe e/ou o pai coruja. É o conceito paternal e maternal de enaltecer a prole, de proteger os filhos das adversidades, de abrigar e abraçar aqueles que necessitam e merecem atenção. Configura o poder de resguardar aqueles que proporcionam fascínio e que inspiram a comunidade.

Horace_Slughorn_(HBP_promo)_1-1

A personagem Horácio Slughorn, da saga Harry Potter, é um ótimo exemplo para evidenciar a energia deste decanato. O professor tinha um pequeno clube fechado de alunos que ele considerava seus protegidos. Os garotos, por ele selecionados, eram particularmente talentosos, inteligentes, ou simplesmente bem relacionados. Este grupo ficou conhecido como o Clube do Slug. 

Horácio demonstrava um favoritismo extremo em relação a estes alunos. Promovia jantares e encontros para enaltecê-los e para demonstrar seu afeto e carinho por seus prediletos. O professor criou e cultivou um clube de excelência. Abrigava alunos que surtiam um certo interesse público, que demonstram ser dignos de merecimento e que possuíam valor intrínseco.

Este decanato trabalha o conceito de amparar aquilo que precisa ser enaltecido. É o ato de fortalecer o grupo através da publicidade. Configura a maneira com a qual se busca prestígio e glória para o bando. Representa o ato de revigorar os valores da coletividade pela divulgação de suas qualidades e atributos relevantes. 

Simboliza a maneira com a qual uma Organização Não Governamental reivindica atenção. ONGs defendem suas causas por intermédio da difusão de suas demandas e de suas lutas. Normalmente, conseguem proteção e evidência para suas necessidades através da divulgação pública.

No tarot a energia do Acolhedor Orgulhoso é representada pelo arquétipo do Cavaleiro de Paus. 

(Leia também os posts dos signos de Libra, Aquário e Gêmeos

Gostou do conteúdo? Então não deixe de nos seguir no Instagram e acompanhe nosso vídeo sobre Câncer – IGTV
Deixe seus comentários, participe! Assine nosso newsletter e receba notificações de novos posts por e-mail. Acompanhe de perto nosso blog!

Um comentário em “SIGNO DE CÂNCER – O ACOLHEDOR

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close